Tempo e Taxa de Recirculação da água da piscina

Com o artigo Tempo e Taxa de Recirculação da água da piscina encerro hoje a série de cinco artigos sobre Tratamento Físico da Piscina.


Foram eles:


Limpeza da superfície da água, meio aquoso, paredes e piso da piscina

Filtros e Meios Filtrantes


Bombas de Recirculação


Bomba de velocidade variável


Caso queira consultar os outros artigos basta acessar os links acima.

Tempo e Taxa de Recirculação da água da piscina

Tempo e Taxa de Recirculação da água da piscina


Tempo de recirculação (“turnover ou turnover rate” em inglês) é o período de tempo (usualmente em horas) necessário para circular o volume de água igual à capacidade da piscina.


Assim, o conjunto bomba e piscina possuem um tempo de recirculação de 6 horas para uma bomba com vazão de 10 m³/h instalada numa piscina com um volume de 60 m³.


A taxa de recirculação é definida pela relação entre o volume de água recirculado, através do sistema em 24 horas e o volume de água contido na piscina.


Ela é igual a 1 quando toda a água da piscina, expressa por seu volume, é recirculada em 24 horas, ou seja, em um dia.


É igual a 2 quando toda a água é recirculada em 12 horas.


Igual a 3 quando toda a água é recirculada em 8 horas.


E assim por diante...


Mantendo-se constantes todos os demais fatores que influenciam na filtração, quanto mais vezes, num determinado tempo, a água da piscina passar pelo filtro (quanto maior a taxa de recirculação), melhor será a filtração.


A taxa de recirculação é, portanto, o número de ciclos (turnos) por dia.

Legislação


Muitas legislações se preocupam com o tempo máximo de recirculação, e este tempo é função de duas variáveis principais, ou seja, a classificação da piscina segundo seu uso e as profundidades da piscina ao longo de seu comprimento.


A tendência moderna é usar tempos de recirculação menores; porém a maioria das legislações são omissas quanto ao número de ciclos por dia. Isto é, não se preocupam quanto à continuidade da filtração ao longo do dia.


Por exemplo, a lei diz que se deve recircular a água da piscina em 6 horas, mas nada afirma se deve ser feita uma filtração contínua ao longo do dia ou se esta recirculação de 6 horas é suficiente.


Atualmente as legislações também não levam em conta a recirculação em função do número de banhistas presentes na piscina, quer instantâneo, quer em um determinado período como, por exemplo, ao longo do dia. Sem dúvida alguma a presença de banhistas é muito importante no tempo de recirculação.


Pelo tempo de recirculação e pelo volume da piscina determina-se a vazão que a bomba deve possuir.


E com base na perda de carga do sistema hidráulico, inclusive com o elemento filtrante nas piores condições de sujeira, determina-se, por meio de curvas vazão-pressão das bombas fornecidas pelos fabricantes, a potência da bomba.


Não existe uma maneira de precisar corretamente o tempo de recirculação de uma piscina, pois vários fatores influenciam, como a presença de crianças com idade inferior a 5 anos, se coberta ou descoberta, época do ano etc.


Importante, portanto, é consultar um especialista para que ele efetue o cálculo correto necessário para a recirculação levando em conta todas as variáveis envolvidas em cada caso.


Nilson Maierá

Engenheiro químico, consultor especialista, há mais de três décadas, em projetos, qualidade, manutenção e segurança de piscinas.


Autor do livro “Piscinas Litro a Litro”.


Palestrante sobre diversos assuntos relacionados a piscinas de grande porte, utilizadas por público variado.


Contato

Para palestras ou consultorias com Nilson Maierá envie e-mail para nmaiera@terra.com.br ou contate pelos telefones (011) 98965-6197 / (011) 5081-2768


#parquesaquáticos #academias #clubes #hoteis #tratamento #piscinas

Posts em Destaque
Posts Recentes