Microclima nas piscinas cobertas

Acho de fundamental importância entendermos mais sobre o microclima nas piscinas cobertas, a fim de que possamos investir nos devidos cuidados necessários para conservação e boas condições de uso.

Microclima nas piscinas cobertas

As piscinas cobertas, também denominadas de piscinas internas são, na grande maioria, aquecidas. Assim como, na grande maioria, se enquadram na categoria de públicas ou semi-públicas.


Em relação às piscinas descobertas, apresentam muitas diferenças, que se traduzem por vantagens e desvantagens.


Nas piscinas descobertas, o clima é uma das características da atmosfera dominante de uma localidade.


Uma classificação do clima muito utilizada é baseada na temperatura.


A temperatura média anual na Terra se apresenta em cinco intervalos:

  • Equatorial: 25 a 28°C

  • Tropical: 15 a 25°C

  • Temperado: 5 a 15°C

  • Frio: -5 a 5°C

  • Polar: inferior a 0°C (média -5°C)


Outras classificações do clima são, além da temperatura, a umidade absoluta e relativa, a pressão barométrica, a precipitação de chuvas, a velocidade e direção dos ventos, os dias de sol, a intensidade da radiação solar, etc.


Ainda deve ser considerado o clima marítimo, continental, de montanha e assim por diante.


Nas piscinas descobertas não se tem o controle dessas variáveis que caracterizam o clima, bem como a contaminação ambiental do ar junto à piscina.


Mas aqui, estamos interessados em piscinas cobertas e no clima no interior da piscina, denominado microclima.

Microclima nas piscinas cobertas

Microclima nas piscinas cobertas


A diferença fundamental entre o clima e o microclima, consiste no fato de que este último pode ser modificado à vontade, o que é uma vantagem.


Porém, há condições desfavoráveis aos banhistas e ao prédio; desvantagens que podem ser atenuadas com aumento de investimento.


Nas piscinas cobertas podemos controlar, principalmente, as temperaturas da água e do ambiente interno a valores aconchegantes para o usuário.


Mas, a água aquecida gera vapor de água, que aumenta a umidade do ar no recinto da piscina, obrigando, igualmente, seu controle.


As piscinas cobertas, apesar de não terem poluição ambiental, possuem o problema dos contaminantes e produtos químicos provenientes da água, que se dirigem para o ambiente da piscina, além dos contaminantes dos banhistas.


Para que uma piscina coberta se apresente em boas condições de uso, é preciso fazer a sua climatização.


No projeto, é necessário levar em conta as diferenças fundamentais com respeito a um sistema de climatização de um edifício residencial ou comercial.


Primeiramente pela forte evaporação no recinto e, portanto, alta umidade. Em segundo lugar, pelo baixo grau de vestimenta dos usuários.


As piscinas cobertas são aquecidas, o que é uma vantagem, mas isso provoca problemas de umidade, corrosão na estrutura do prédio, desconforto dos banhistas e problemas microbiológicos, que mencionaremos depois.


A presença de usuários e equipamentos aquáticos na piscina coberta aumentam a turbulência e também a umidade.


A ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating and Air-Conditioning Engineers) define uma qualidade de ar aceitável quando não existem contaminantes perigosos em concentrações, no qual a maioria (80% ou mais) das pessoas expostas não expressam insatisfação.


Numa piscina coberta é importante levar em conta os seguintes aspectos:

  • Temperaturas e umidades ambientais adequadas.

  • Manutenção de uma temperatura da água que seja confortável para o usuário.

  • Introdução de ar de reposição para garantir mínimas condições higiênicas para o ar ambiente.

  • Evitar correntes de ar na zona de ocupação sobre a lâmina da água.

  • Evitar condensação nos diversos elementos que compõem o prédio, devido às umidades absoluta e relativa altas.

No próximo artigo continuarei falando sobre Microclima nas piscinas cobertas.

Nilson Maierá

Engenheiro químico, consultor especialista, há mais de três décadas, em projetos, qualidade, manutenção e segurança de piscinas.


Autor do livro “Piscinas Litro a Litro”.


Palestrante sobre diversos assuntos relacionados a piscinas de grande porte, utilizadas por público variado.


Contato

Para palestras ou consultorias com Nilson Maierá envie e-mail para nmaiera@terra.com.br ou contate pelos telefones (011) 98965-6197 / (011) 5081-2768

#parquesaquáticos #academias #hoteis #clubes #tratamento #piscinas #aquecimento

Posts em Destaque
Posts Recentes